Após abandonar o BEC, atacante Barcos aciona o Touro do Vale na Justiça

Gabriel Barcos

Foto – Gabriel Barcos, que se transferiu para o Cianorte antes do segundo jogo da semifinal

Na próxima quarta, dia 29, acontece na Vara do Trabalho de Barretos, uma audiência trabalhista envolvendo o Barretos Esporte Clube e o ex-jogador do clube, Gabriel Barcos, que defendeu as cores do clube no Campeonato Paulista da Série A3 de 2018. De acordo com o presidente de honra do clube, o empresário Milton Aparecido da Silva, “Miltão”, o atleta acionou o clube na justiça, pedindo uma indenização de 40 mil, mesmo após ter abandonado o serviço. De acordo com o dirigente, o atacante Barcos abandonou o serviço antes do segundo jogo diante da Portuguesa Santista, que aconteceu no dia 20 de abril de 2018, e que valia acesso do clube a Série A2, para se transferir para a equipe do Cianorte, sem ter a liberação do Barretos Esporte Clube. “A sua atitude prejudicou muito o trabalho do clube. A imprensa, torcida e o os jogadores ficaram surpresos com essa atitude tomada pelo jogador. Ele era o nosso artilheiro e no primeiro jogo marcou dois gols no empate em 2 a 2 com a Portuguesa Santista, algo que desestabilizou muito o nosso clube”, afirmou o presidente Miltão.